Marcos Braga

bd 2

Recriar Tablespace Temporária

A tablespace temporária (temporary tablespace) é utilizada para armazenar dados de ordenação ou dados de tabelas temporárias. Essa tablespace tem seu espaço físico reservado por um datafile temporário (temporary datafile ou tempfile). Os tempfiles são consultados utilizando as views V$TEMPFILE e DBA_TEMP_FILES. A tablespace temporária não é crítica, seu backup...

bd 0

RMAN-06024

Este post é para memorizar algo que já precisei e voltei a pesquisar no Google. Estava criando um Standby através do RMAN, utilizando os seguintes comandos: connect target / connect auxiliary sys/[pass]@standby run { allocate auxiliary channel ch1 type disk; duplicate target database for standby dorecover nofilenamecheck; release channel ch1;...

bd 0

Senhas de roles

Estava montando um script para recriar as roles de um banco de dados em outro banco, e deparei com um problema simples: algumas roles estavam com senha e não encontrei nas views que utilizo comumente alguma coluna que fornecesse essa informação. Após algumas pesquisas, encontrei esta consulta útil quando for...

bd 0

Trace em uma sessão

Esta semana precisei efetuar um trace em uma sessão de um aplicativo e resolvi postar o procedimento. Descobrindo a sessão Para descobrir a sessão, usualmente utilizamos a view V$SESSION e com alguma informação relevante, tipo o usuário do banco, o aplicativo utilizado ou mesmo o nome do computador utilizado. No...

bd 1

Listando todos os arquivos de um banco de dados Oracle

Para encontrar todos os arquivos de um banco de dados, diga-se de passagem, controlfile, logfile, datafiles e tempfiles, utilizo esta query: select name from v$controlfile union all select name from v$tempfile union all select name from v$dbfile union all select member from v$logfile Observem o exemplo: SQL> select name from...

sql 3

Formatando saída com regexp_replace – CPF

Estava analisando algumas queries de relatório e muitas delas tratavam saída de CPF utilizando SUBSTR e vários subcomponentes para tratar essa saída. Observei que o código era algo do tipo abaixo: SUBSTR(C1,1,3)||’.’||SUBSTR(C1,4,3)||’.’||SUBSTR(C1,7,3)||’-‘||SUBSTR(C1,10) Pensei que poderia utilizar o regexp_replace para minimizar a utilização de várias funções com concatenação para algo mais...

2

Shell Script e Batch Script

Trabalho com shell script e desenrolo bem em batch script. Essas terminologias indicam que passei pela pré-história, onde os dinossauros trabalhavam em uma tela preta digitando inúmeros comandos e pequenos “programas” para que suas tarefas desenvolvessem a contento. Mas não pensem que a pré-história da informática está longe, porque não...

bd 2

Parâmetros Ocultos – Hidden Parameters

Certa vez precisei efetuar um ajuste peculiar no Oracle que compreendia um parâmetro iniciado com um “underline” (“_parameter”) e eu não sabia como encontrá-lo. Busquei no metalink algo que ajudasse e encontrei esta query que mostra os parâmetros ocultos do Oracle. Em algum momento esta query é muito útil. Não...

sql 0

Criar tabela com regexp – uf

Seguindo a mesma linha de raciocínio da postagem sobre o cpf, vou exemplificar uma maneira prática de criar uma tabela com uma coluna UF que aceita somente duas letras. Criando a tabela: CREATE TABLE T1 ( C1 VARCHAR(2) NOT NULL CONSTRAINT C1_UF_FORMAT CHECK(REGEXP_LIKE(C1 ‘[A-Z]{2}’, ‘c’)) ); Parâmetros utilizados: C1 …:...

sql 0

Criar tabelas utilizando regexp

Uma pequena palavra sobre espressões regulares Expressões regulares é um assunto novo em Oracle, mas bastante utilizado em linux. Como um amigo me disse, uma boa definição para expressão regular é: “expressões regulares estão para as letras como as operações matemáticas estão para os números”. Essa frase define bem o...