bd

bd 0

Coleta de estatísticas no Oracle – Parte I

 Olá pessoal hoje irei falar sobre a famosa coleta de estatística no Oracle. Esse artigo será dividido em várias partes para não ficar muito extenso e denso. Cost Based Optimizer O CBO (Cost Based Optimizer) foi criado no Oracle 7 para substituir o RBO (Rule Based Optimizer). Ele, a...

bd 1

ALTER TABLE

Mesmo que a modelagem de dados desde o início tenha sido feita com muita precisão e  perfeição, a aplicação pode se modificar com o tempo e assim, possivelmente, será necessário alterar alguns aspectos das nossas tabelas no banco de dados. Hoje iremos tratar do que podemos fazer e como fazer...

bd 0

Trabalhando com Fusos Horários

Date e Timestamp Talvez algumas pessoas tenham um conceito errado sobre Timestamp e Date. Alguns podem pensar que a diferença dos dois é que o Timstamp adiciona a informação de fuso horário em relação ao tipo Date. Mas isso não é verdade. Esse tipo de erro é mais comum acontecer...

bd 0

Como alterar o valor de um parâmetro de outra sessão

Imaginem um cenário onde é necessário alterar o valor de um parâmetro de uma sessão que já está aberta no banco de dados e sem uma interface SQL para realizar um ALTER SESSION. Para resolver este problema, podemos utilizar as procedures SET_INT_PARAM_IN_SESSION e SET_BOOL_PARAM_IN_SESSION da package DBMS_SYSTEM. dbms_system.set_bool_param_in_session( sid     IN...

bd 0

Um pouco sobre os estágios de inicialização de uma instância do Oracle

Olá, Neste artigo, farei uma explanação sobre os estágios envolvidos na abertura de um banco de dados Oracle. São eles NOMOUNT, MOUNT e OPEN. O que realmente cada um destes estágios realiza? Apenas para relembrar, uma instância Oracle consiste na estrutura de memória SGA (System Global Area) e nos processos...

bd 0

Como remover um SQL Statement da Shared Pool

Imaginem um cenário onde é necessário limpar da shared pool um comando SQL, para que na próxima execução seja realizado um hard parse deste SQL. Sabemos que para limpar toda a shared pool, podemos utilizar o comando ALTER SYSTEM FLUSH SHARED_POOL. Porém, ao executar este comando em um ambiente de produção haverá...

bd 0

ORACLE E MAA (Maximum Availability Architecture) – Parte VIII – Fast-Start Failover

Depois de configurar o Broker, precisamos de um último passo para garantir que os requisitos básicos do MAA estejam contemplados. Nos últimos artigos passamos por alguns passos que provavelmente você não iria realizar em produção (e nem gostaria), fizemos o failover e o switchover (ambos com o broker – que...

bd 0

USO DE TABLESPACE NAS TABELAS E ÍNDICES

Esta postagem tem por objetivo orientar todos os interessados, sobre a utilização de TABLESPACE na criação de tabelas e índices de tabelas Oracle. TABLESPACE: Um banco de dados Oracle consistem em uma ou mais unidades de armazenamento lógicas denominadas de TABLESPACES, que armazena coletivamente todos os dados do banco de...

bd 0

Oracle Automatic Shared Memory Manager (ASMM)

Tuning sempre foi um calcanhar de Aquiles de um DBA principalmente se tratando de banco de dados como o Oracle. Sua arquitetura é bem complexa. Para um DBA é necessário conhecer bem esta arquitetura afim de realizar ajustes precisos que não comprometa ainda mais a performance ou o servidor em...