GPO ( Grupo de Profissionais Oracle )
A maior comunidade Oracle do Brasil !

Instalação de Oracle RAC em Linux com VMware – Parte VIII

Instalação do Oracle Clusterware

Como usuário oracle:
Copiar 10201_clusterware_linux32.zip para o RAC1, descompactar.
Copiar 10201_database_linux32.zip para o RAC1, descompactar.

Verificar no /etc/hosts se a linha abaixo está ok, no RAC1:
127.0.0.1 rac1.localdomain rac1 localhost.localdomain localhost

Verificar no /etc/hosts se a linha abaixo está ok, no RAC2:
127.0.0.1 rac2.localdomain rac2 localhost.localdomain localhost

Instalar o cvuqdisk no RAC1, como root:
rpm -Uvh /home/oracle/clusterware/rpm/cvuqdisk-1.0.1-1.rpm

Copiar o rpm do cvuqdisk para o RAC2 e instalar, como root.

Verificar as opções do cluvfy, com o usuário oracle, no RAC1:
/home/oracle/clusterware/cluvfy/runcluvfy.sh stage -help

Validar sua instalação com o cluvfy, com o usuário oracle, no RAC1:
/home/oracle/clusterware/cluvfy/runcluvfy.sh stage -pre -crsinst -n rac1,rac2

Logar no ambiente gráfico do RAC1 com o usuário oracle:

export $ORACLE_HOME=$CRS_HOME
/home/oracle/clusterware/runInstaller.sh

Veja abaixo as telas a configuração do OCR, Voting Disk e Interfaces de Rede (a Pública e o Interconnect), direcionada apra os Raw Devices criados nos passos anteriores.

Quando o último check acusar problemas, configurar os VIPs com o VIPCA em outro terminal, dentro do mesmo ambiente gráfico, antes de prosseguir.

Após rodar o VIPCA, volte para a tela de instalação do Clusterware, clique em Retry.

Aí a instalação deve finalizar com sucesso !

Share

You may also like...

14 Responses

  1. […] Parte I Parte II Parte III Parte IV Parte V Parte VI Parte VII Parte VIII […]

  2. Henry disse:

    Caro Portilho,

    na validação das configurações para instalação do RAC, ocorreu o seguinte erro:

    [oracle@racno1 cluvfy]$ ./runcluvfy.sh stage -pre crsinst -n racno1,racno2 -verbose

    Performing pre-checks for cluster services setup

    Checking node reachability…

    Check: Node reachability from node “racno1”
    Destination Node Reachable?
    ———————————— ————————
    racno1 yes
    racno2 yes
    Result: Node reachability check passed from node “racno1”.

    Checking user equivalence…

    Check: User equivalence for user “oracle”
    Node Name Comment
    ———————————— ————————
    racno2 failed
    racno1 failed
    Result: User equivalence check failed for user “oracle”.

    ERROR:
    User equivalence unavailable on all the nodes.
    Verification cannot proceed.

    Pre-check for cluster services setup was unsuccessful on all the nodes.
    [oracle@racno1 cluvfy]$

    Todos os passos que vc descreveu foram seguidos nos dois nós:

    [oracle@racno1 cluvfy]$ id oracle
    uid=500(oracle) gid=500(oinstall) groups=500(oinstall),501(dba),502(oper)
    [oracle@racno1 cluvfy]$

    [root@racno2 ~]# id oracle
    uid=500(oracle) gid=500(oinstall) groups=500(oinstall),501(dba),502(oper)
    [root@racno2 ~]#

    Me ajude pois já deletei os usuários e recriei novamente mas o erro continua.

    Atenciosamente,

    Henry.

  3. Ricardo Portilho Proni disse:

    Oi Henry.

    Várias coisas podem dar errado neste ponto.
    O mais comum é que um nó não consiga acessar o outro nó sem senha (rlogin ou ssh).

    Dê uma olhada no troubleshooting deste item do CLUVFY:

    http://download-uk.oracle.com/docs/cd/B19306_01/install.102/b14205/crsunix.htm#sthref809

  4. Henry disse:

    Ola Portilho,

    seguinte, o problema continua na validaçao das contas de usuário. Na minha opnião acho era pra ser uma coisa simples já que só foi criada esta conta oracle e os grupos relacionados, mas memso assim não obtenho sucesso.

    -Já havia olhado este doc de troubleshooting e efetuado as modificações do path do ssh e scp. Compactei novamente os diretorios . O processo do script runcluvfy.sh só foi mais rápido pois o caminho estava mesmo errado.

    -As duas maquinas trocam arquivos com o ssh pois esta configurado inclusive com a key de autenticaçao.
    [oracle@racno2 ~]$ ssh racno1 date
    oracle@racno1’s password:
    Tue Sep 1 13:33:30 BRT 2009
    [oracle@racno2 ~]$

    -Como disse anteriormente os usuarios e grupos foram recriadas.
    [oracle@racno1 cluvfy]$ id oracle
    uid=500(oracle) gid=500(oinstall) groups=500(oinstall),501(dba),502(oper)
    [oracle@racno1 cluvfy]$

    [root@racno2 ~]# id oracle
    uid=500(oracle) gid=500(oinstall) groups=500(oinstall),501(dba),502(oper)
    [root@racno2 ~]#

    -O Ping em todos os hosts funcionam menos no virtual:

    [oracle@racno2 ~]$ cat /etc/hosts
    # Do not remove the following line, or various programs
    # that require network functionality will fail.
    127.0.0.1 racno2.certant.com.br racno2 localhost.localdomain localhost
    # Public
    192.168.153.81 racno1.certant.com.br racno1
    192.168.153.82 racno2.certant.com.br racno2
    # Private
    192.168.154.82 racno2-priv.certant.com.br racno2-priv
    192.168.154.81 racno1-priv.certant.com.br racno1-priv
    # Virtual
    192.168.153.182 racno2-vip.certant.com.br racno2-vip
    192.168.153.181 racno1-vip.certant.com.br racno1-vip
    [oracle@racno2 ~]$ ping racno1
    PING racno1.certant.com.br (192.168.153.81) 56(84) bytes of data.
    64 bytes from racno1.certant.com.br (192.168.153.81): icmp_seq=0 ttl=64 time=1708 ms
    64 bytes from racno1.certant.com.br (192.168.153.81): icmp_seq=1 ttl=64 time=707 ms

    — racno1.certant.com.br ping statistics —
    3 packets transmitted, 2 received, 33% packet loss, time 2000ms
    rtt min/avg/max/mdev = 707.944/1208.146/1708.349/500.203 ms, pipe 3
    [oracle@racno2 ~]$ ping racno1-priv
    PING racno1-priv.certant.com.br (192.168.154.81) 56(84) bytes of data.
    64 bytes from racno1-priv.certant.com.br (192.168.154.81): icmp_seq=0 ttl=64 time=22.1 ms
    64 bytes from racno1-priv.certant.com.br (192.168.154.81): icmp_seq=1 ttl=64 time=0.139 ms

    — racno1-priv.certant.com.br ping statistics —
    2 packets transmitted, 2 received, 0% packet loss, time 1000ms
    rtt min/avg/max/mdev = 0.139/11.147/22.155/11.008 ms, pipe 2
    [oracle@racno2 ~]$ ping racno1-vip
    PING racno1-vip.certant.com.br (192.168.153.181) 56(84) bytes of data.
    From racno2.certant.com.br (192.168.153.82) icmp_seq=0 Destination Host Unreachable
    From racno2.certant.com.br (192.168.153.82) icmp_seq=1 Destination Host Unreachable
    From racno2.certant.com.br (192.168.153.82) icmp_seq=2 Destination Host Unreachable

    — racno1-vip.certant.com.br ping statistics —
    4 packets transmitted, 0 received, +3 errors, 100% packet loss, time 3002ms
    , pipe 4
    [oracle@racno2 ~]$

    No aguardo e agradeço a atençao,

    Henry,

  5. Josnei disse:

    Eu também estava com este problema, garimpando no google descobri que a equivalência deve ser também no próprio nó, ou seja, você deve tentar executar o ssh para o mesmo servidor. Exemplo:

    [oracle@rac1 ~]$ ssh rac1 date
    The authenticity of host ‘rac1 (170.10.200.190)’ can’t be established.
    RSA key fingerprint is 44:0b:82:6b:2f:6e:5b:17:d4:3a:8c:59:59:f9:9d:36.
    Are you sure you want to continue connecting (yes/no)? yes
    Warning: Permanently added ‘rac1,170.10.200.190’ (RSA) to the list of known hosts.
    Write failed: Broken pipe

    [oracle@rac1 ~]$ ssh rac1 date
    Ter Set 22 11:23:13 BRT 2009

    Depois de fazer isso, a verificação de equivalência não deu mais problemas.

  6. […] Parte I Parte II Parte III Parte IV Parte V Parte VI Parte VII Parte VIII […]

  7. […] Parte I Parte II Parte III Parte IV Parte V Parte VI Parte VII Parte VIII […]

  8. […] Parte I Parte II Parte III Parte IV Parte V Parte VI Parte VII Parte VIII […]

  9. Oi Anselmo !
    ão era para isso acontecer, pois neste tutorial estamos utilizando rlogin r rsh, ao invés de ssh. Mas se funcionou, beleza !

    Abraço !

  10. Anderson disse:

    Oi Ricardo Tudo bem

    No meu caso apresentou a mesma mensagem.
    No boot.local coloquei /etc/init.d/xinetd start , para que quando a maquina desse boot o serviço subisse de forma automática.
    Não tive mais problemas para executar o runcluvfy.sh.

    Obrigado

    Atenciosamente
    Anderson

  11. Oi Anderson. Blz?
    Na parte III eu altero os serviços que iniciam automaticamente. Não mexi no xinetd porque o default dele é ON para o 4.7.

    Abraço !

  12. Hugo Balmiza disse:

    Olá, gostaria de saber se vc já fez alguma instalação do Oracle ClusterWare no windows 2003. Estou meio perdido quanto a instalação e configuração.

    Grato.

  13. Oi Hugo !
    Não, infelizmente nunca usei Clusterware em Windows.

    Abraço !

  14. Oi Erick.

    Acho que algo do passo a passo foi feito incorretamente. Te sugiro refazer revendo todos os passos. Se vocÊ tiver acesso, pegue o tutorial na SQL Magazine, que está mais detalhado.

    Abraço !

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.