Ajuste de desempenho com Dynamic Management Views no SQL Server

Dynamic Management Views

Você conhece a dBooks ? É uma plataforma de e-books que disponibiliza centenas de livros que são licenciados pela Creative Commons License (CC BY-SA).

Isso significa que você pode baixar gratuitamente qualquer um dos livros sobre essa licença !

O livro de hoje é o Performance Tuning with SQL Server Dynamic Management Views.

Performance Tuning with SQL Server Dynamic Management Views

Views de gerenciamento dinâmico (DMVs) são uma adição significativa e valiosa ao arsenal de solução de problemas do DBA, revelando informações anteriormente indisponíveis sobre a atividade oculta de suas sessões e transações de banco de dados.

Por que, então, nem todos os DBAs os usam? Por que muitos DBAs continuam a ignorá-los em favor de ferramentas “testadas e confiáveis”, como sp_who2, DBCC OPENTRAN e assim por diante, ou se contentam com os relatórios “prontos” integrados ao SSMS? Por que mesmo aqueles que usam o DMVs falam melancolicamente sobre os “bons e velhos processos de sistema”?

Parece haver dois fatores principais em ação. Em primeiro lugar, alguns DBAs simplesmente desconhecem a profundidade e a amplitude das informações disponíveis nos DMvs ou como isso pode ajudá-los a solucionar problemas comuns. Este livro investiga todos os DMVs que são mais frequentemente úteis para o DBA na investigação de execução de consulta, uso de índice, atividade de sessão e transação, IO de disco e como o SQL Server está usando ou abusando do sistema operacional.

Em segundo lugar, os DMVs têm a reputação de serem difíceis de usar. No processo de expor tantos dados úteis quanto possível, sysprocesses foram desnormalizados e muitas novas visualizações e colunas foram adicionadas. Este fato, juntamente com as escolhas inicialmente desconcertantes de quais colunas serão expostas onde, levou alguns DBAs a comparar as consultas de DMVs a “coletar feitiços místicos”.

Na verdade, no entanto, quando você começar a escrever seus próprios scripts, verá os mesmos truques e padrões de junção semelhantes sendo usados ​​continuamente. Como tal, um conjunto básico de scripts relativamente pequeno pode ser prontamente adaptado para atender a qualquer requisito. Este livro está aqui para desmistificar o processo de coleta das informações necessárias para solucionar problemas do SQL Server. Ele destacará as principais técnicas e “padrões” que você precisa dominar e fornecerá um conjunto básico de scripts que você pode usar e adaptar para seus próprios sistemas, incluindo como:

  • Elimine as consultas que estão causando pressão de memória ou CPU em seu sistema
  • Investigar o armazenamento em cache e a reutilização do plano de consulta
  • Identificar padrões de uso de índice
  • Rastreie a fragmentação em índices e heaps clusterizados
  • Obtenha todos os detalhes sobre o bloqueio e transações bloqueadas, incluindo os comandos exatos sendo executados e por quem.
  • Descubra onde o SQL Server está perdendo tempo esperando os recursos serem liberados, antes de prosseguir
  • Monitore o uso e o crescimento do tempdb

Os DMVs não tornam obsoletas as ferramentas de desempenho integradas existentes. Pelo contrário, eles complementam essas ferramentas e oferecem flexibilidade, riqueza e granularidade que simplesmente não estão disponíveis em outro lugar. Além disso, você não precisa dominar uma nova GUI ou um novo idioma para usá-los; é tudo feito em uma linguagem que todos os DBAs conhecem e adoram: T-SQL.

Para efetuar o download do livro, CLIQUE AQUI !

Essa foi uma dica do Denis Farana