Pular para o conteúdo

Oracle Data Pump Export – Estimate

Oracle Data Pump Export – Estimate

Ainda falando de DATA PUMP sendo este 3 de 4 artigos, tenho o objetivo com este artigo é trazer luz a uma facilidade da Oracle, ESTIMATE é uma ferramenta espetacular que tem como objetivo o planejamento para a migração dos dados, com esta ferramenta é possível ter a dimensão do seu arquivo .dmp antes mesmo de ser gerado. Isso mesmo para ambientes com restrição de espaço ou para planejarmos melhor a exportação existe esta possibilidade.

Oracle Data Pump Export

O coração desta ação é a seguinte sintaxe:

SQL
expdp dbaocmsenha@orclpdb ESTIMATE_ONLY=YES DIRECTORY=my_dir LOGFILE=log_include.log

Para auxiliar na didática vou usar uma empresa de mudanças para explorar os detalhes do comando acima. O Oracle Data Pump é a empresa de mudanças,

  • ‘expdp’ como o processo de planejamento para a mudança.
  • dbaocm/senha’: Este é o cliente (o banco de dados) que está planejando a mudança. Eles entram em contato com a empresa de mudanças (Oracle Data Pump) e fornecem suas credenciais (`dbaocm/senha`) e o endereço de sua casa atual (`orclpdb`) que no caso é o nome do meu PDB, lembrando que meu laboratório é multitenant .
  • ‘ESTIMATE_ONLY=YES’: Isso é como pedir à empresa de mudanças para fazer uma visita à sua casa e estimar o trabalho necessário para a mudança, mas sem realmente mover nada ainda. Eles vão olhar todos os móveis (os dados) e calcular quanto espaço eles vão ocupar no caminhão de mudanças (o espaço em disco necessário).
  • ‘DIRECTORY=my_dir’: Este é o local onde a empresa de mudanças vai colocar todas as caixas e móveis uma vez que eles estão prontos para a mudança. É como o novo endereço para onde você está se mudando.
  • ‘LOGFILE=log_include.log’: Este é o relatório detalhado da empresa de mudanças sobre o trabalho de estimativa. Eles vão listar todos os móveis que viram, qualquer problema potencial que possam encontrar durante a mudança, e assim por diante.
image 11 9
SQL
expdp dbaocmsenha@orclpdb ESTIMATE_ONLY=YES DIRECTORY=my_dir LOGFILE=log_include.log

Com um sorriso no rosto o ‘Oracle Data Pump mudanças’ lhe entrega um belo “successfully”, conseguimos visualizar o trabalho de toda equipe, sem nos sujar ou nem mesmo soar podemos interagir visualmente e ver que são poucos data file para ser transportados temos um “Total estimation using BLOCK method: 192KB”

E com toda eficiência de uma empresa seria é entregue um arquivo físico, inclusive podemos abrir este arquivo usando CAT.

image 11
Bash
cat  log_include

Reparem na imagem acima que, com um comando simples como “cat log_include.log”, podemos visualizar o conteúdo do arquivo de log. Neste exemplo, vemos poucas informações porque se trata de um laboratório recente, com poucos dados. No entanto, em ambientes de produção, este comando permite visualizar tabelas, esquemas e muitos outros atributos que compõem o banco de dados.

Para reforçar a compreensão

image 12
Bash
show parameter db_block

Acima percebemos que o meu laboratório está configurado para usar blocos de tamanho de 8KB, então é daqui que extraímos a relação do tamanho das tabelas serem 64KB. Assim retornando a linha “Total estimation using BLOCKS method: 192 KB” como apresentado na primeira imagem.

Aqui é um laboratório de teste com poucos projetos mas é legal sempre fazerem isso quando não temos ideia do tamanho que este DATAPUMP ficara, assim com um ação simples como esta poderá se planejar melhor.

Para realizar a “mudança completa”, ou seja, para realmente exportar os dados, você só precisa remover o parâmetro `ESTIMATE_ONLY=YES` do comando `expdp`. Aqui está como o comando se parece:

Bash
expdp dbaocmsenha@orclpdb DIRECTORY=my_dir LOGFILE=log_include.log

Este comando iniciará a operação de exportação. A empresa de mudanças (Oracle Data Pump) agora começará a mover os móveis (os dados) para o novo endereço (‘my_dir’). O progresso da mudança será registrado no arquivo de log (‘log_include.log’).

Em resumo, a ferramenta ESTIMATE do Oracle Data Pump é essencial para planejar migrações de dados com precisão, ajudando a prever o espaço necessário antes da exportação. Esta funcionalidade simplifica a gestão de recursos e evita surpresas durante o processo. Utilizando ESTIMATE_ONLY=YES, administradores podem obter uma visão clara do trabalho a ser feito, permitindo um planejamento estratégico eficaz.

Espero que este artigo tenha esclarecido a importância e o uso do ESTIMATE. Estou à disposição para dúvidas e ansioso para compartilhar mais conhecimentos com vocês. Vamos nos conectar e crescer juntos no fascinante universo da tecnologia.

Quão útil foi este post ?

Clique em uma estrela para classificar o post

nota média 5 / 5. Contagem de votos: 6

Sem votos ! Seja o primeiro a classificar !

Marcações:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

plugins premium WordPress