GPO ( Grupo de Profissionais Oracle )
A maior comunidade Oracle do Brasil !

Estratégia de TI

Olá,

Como eu escrevi anteriormente, terminei minha pós-graduação em Administração de Serviços pela FCAV -USP, e uma das minhas matérias preferidas era a Estratégia. Sempre fui fascinado pela idéia de vencer pelo cérebro e não pela força. Joguei muito Star Wars Galactic Battleground, Age of Empires, Xadrez de verdade. Aliás foi exatamente jogando xadrez que pude entender melhor o conceito de estratégia.

Mas primeiro vamos as definições: O que é estratégia? Apesar da cena do filme Tropa de Elite onde se fala sobre Estratégia, o filme não explica o que é estratégia… Estratégia vem do grego stratego que literalmente significa General. O General era o responsável pelo Planejamento geral, tático e operacional e engloba aspectos militares, políticos e econômicos. Muito divulgada no século XX o livro “A Arte da Guerra” de Sun Tzu fala bastante sobre a Estratégia e da necessidade de CONHECIMENTO!!! “Se você se conhece e ao inimigo não precisa temer o resultado de uma centena de combates”  Mas o aspecto mais importante que o livro ressalta é a importância de EVITAR confrontos diretos: “O mérito supremos consiste em quebrar a resistência do inimigo sem lutar”.

Voltando a Tecnologia…Historicamente em muitas empresas de quaisquer ramo de atividade tem um Planejamento Estratégico, seja ele claro ou até tão complexo que confunde a todos, mas não que ele não exista. Pode não ser aplicado corretamente, mas por exemplo, nenhum proprietário cria uma empresa para dar prejuízo ou para que tudo dê sempre errado, o que ocorre normalmente é a utilização incorreta das ferramentas de Estratégia. Nos últimos anos têm-se falado muito sobre o core business, que é o núcleo do negócio, ou simplesmente: “O que fazemos?”. Nessa definição sobre “o que fazemos” ocorre um problema quanto a parte de Tecnologia, isso especialmente em médias e pequenas empresas. Onde exatamente a Tecnologia da Informação ou TI está encaixada no nosso Planejamento Estratégico?
Vejo em muitas empresas a definição de que TI não faz parte do Core do Negócio, mas será que isso é uma verdade mesmo? Veja o caso do Itaú ou do Bradesco, o Core deles não é exatamente TI, mas eles perceberam que TI está diretamente ligada a estratégia deles. Então as empresas me falam que não são do tamanho ou porte de um Itaú ou Bradesco… minha pergunta simples é: Se a TI hoje na sua empresa parar de funcionar, a sua empresa continua a suas operações originais, ou seja, de Core? Se é uma revenda ou de produção ou ainda de serviços, sem TI (e-mail, rede, link, Banco de Dados etc) a sua empresa continua a operar?
Se a empresa consegue operar mesmo assim, seja com deficiências ou lentidão, então a empresa realmente não teria que ter TI como estratégico.
Porém….
Se a empresa precisa mesmo de TI e acha que não é estratégico e a coloca como visão de custo e despesa e não como Investimento, pode ter certeza que algum concorrente (inimigo) vai vencer sem usar a força, pois terá informações mais rapidamente distribuídas, maior velocidade em alguns processos, comunicação mais interativa e por incrível que pareça para alguns Gestores, menor custo final nos valores de TI também….

Indicação de Filmes de Estratégia (a maioria de assaltos…)

    • O Original de 1960 é quem realmente explica o porque desse nome (Os onze do Ocean) e o final do filme o porque da tradução Onze homens e UM segredo…Danny Ocean (Frank Sinatra na versão de 1960) era um sargento da segunda guerra que mantinha ainda seu pelotão (os onze que restaram) como amigos e planejam um assalto a 5 cassinos, mas o plano no final dá errado e para fugir da polícia e da máfia (contratada pelos cassinos) eles colocam o dinheiro num caixão de um amigo que morreu no assalto (ataque do coração) na esperança de recuperar no enterro, porém o caixão é cremado ainda em Las Vegas pela esposa na presença deles e do pessoal da máfia. Por não poder contar que roubaram e por não ter o dinheiro, ficou o segredo entre eles…
      ** – No caso a escolha do local da batalha determinou seu resultado. Se fosse em campo aberto, eles perderiam com certeza.
Livros sobre estratégia: Nem dá para citar todos, mas vou relacionar apenas alguns que são importantes para se compreender realmente a estratégia, além do supracitado:
  • O livro dos Cinco Anéis: O maior clássico sobre a Arte da Estratégia Militar, escrito por Miyamoto Musashi, maior samurai de todos os tempos.
  • Vantagem Competitiva: Seu autor Michael Porter é um especialista no assunto de estratégia corporativa e é uma referência acadêmica.
  • Estratégia Competitiva: Literatura nacional de professores da USP sobre a estratégia e sua história.
Abraços
Share

You may also like...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *