GPO ( Grupo de Profissionais Oracle )
A maior comunidade Oracle do Brasil !

Otimizando os comandos condicionais em Oracle

​Olá pessoal, tudo bem com vocês?

Neste artigo vou demonstrar como utilizar o recurso de Short-Circuit, para tornar as condicionais dos códigos mais eficientes.

A maiorias das linguagens de programação suportam este recurso, que propõe que, quando aplicada mais de uma condição em uma cláusula de decisão, assim que a primeira seja atendida, as próximas são descartadas.

Por exemplo:

 DECLARE
    v_numero  INTEGER := 100;

  BEGIN
    IF (v_numero > 0) AND (v_numero / 2) = 0THEN
      DBMS_OUTPUT.PUT_LINE('A Divisão resulta um valor par positivo');
    ENDIF;
  END;

Veja acima que, para ser visualizada a mensagem, as duas condições devem ser satisfeitas. Caso a primeira condição não seja satisfatória (v_numero > 0), o Oracle não verifica a segunda condição ((v_numero / 2) = 0).

Podemos utilizar isso ao favor do desempenho da aplicação. Abaixo, vamos montar o cenário para efetuarmos os testes de desempenho.

  1. Crie a estrutura da tabela onde serão inseridos os movimentos ocorridos no estoque.
create table TB_MOVIMENTO
(
  ID_MOVIMENTO    NUMBERprimarykey,
  DT_MOVIMENTO    DATE,
  QTD_MOVIMENTADA NUMBER(4),
  COD_ITEM        VARCHAR2(6)
);
  1. Iremos incluir algumas movimentações de estoque algo em torno de 10 milhões registros, que serão geradas aleatoriamente, para isso utilizarei a package dbms_random, esta proveniente da própria instalação do banco de dados.
declare
v_dt  dbms_sql.date_Table;    --Cria vetor do tipo data
v_qtd dbms_sql.Number_Table;  --Cria vetor do tipo numérico
v_qtd_registro NUMBER := 10000000; --Quantidade de registro
begin
      --Gera os registro de data de movimento em um dia.
      for dd in1..v_qtd_registro loop  

          v_dt(dd) := SYSDATE - dbms_random.value(1,365);                

      endloop;  

      --Termina o processo
      dbms_random.terminate;

      --Popular as datas geradas aleatoriamente
      dbms_random.seed(99999);

      --Gera os registros de quantidade movimentada
      for dd in1..v_qtd_registro loop     
          v_qtd(dd) := dbms_random.value(1,100);                
      end loop;      

      for dd in1..v_dt.countloop

         --Insere as movimentações
         insertinto tb_movimento
           (id_movimento, dt_movimento, qtd_movimentada, cod_item)
         values
           (dd, v_dt(dd), v_qtd(dd), 'CDROM');

          IF(dd/500 = 0)THEN

            COMMIT;

          ENDIF;

      endloop; 

   commit;
end;

Após criada nossa estrutura, vamos efetuar os testes.

Em nosso cenário, o programa deve listar se a quantidade de movimentações ocorridas no mês 06 é maior que 10 mil registros. Para contar esses registros utilizarei uma função.

Primeiramente, vamos fazer do modo mais lento, colocaremos a clausula que demanda mais tempo em primeiro no IF.

SQL> DECLARE

      FUNCTION FNC_QTD_MES(P_MES INVARCHAR2) RETURNNUMBERIS
        V_QTD NUMBER;
      BEGIN
        SELECTCOUNT(*)
          INTO V_QTD
          FROM TB_MOVIMENTO
         WHERE TO_CHAR(DT_MOVIMENTO, 'mm') = P_MES;

       RETURN V_QTD;

     END FNC_QTD_MES;

   BEGIN

     IF (FNC_QTD_MES(TO_CHAR(SYSDATE, 'mm')) > 10000AND
        TO_CHAR(SYSDATE, 'mm') = '06') THEN

       DBMS_OUTPUT.PUT_LINE(A => 'A quantidade de movimentos para o mês 6 é superior à 10 mil registros!');

     ENDIF;

   END;
   /

PL/SQL procedure successfully completed in 19.391 seconds

Veja que acima, sempre a função será chamada para o determinar se a condição é verdadeira em todas as execuções do processo. Caso a função retorne mais de 10 mil, a próxima clausula também será verificada.

Podemos ganhar em performace se invertemos as clausulas. Assim, primeiramente será verificado se o mês corrente é Junho, caso não seja, não será executada a função.

SQL> DECLARE
      FUNCTION FNC_QTD_MES(P_MES INVARCHAR2) RETURNNUMBERIS
        V_QTD NUMBER;
      BEGIN
        SELECTCOUNT(*)
          INTO V_QTD
          FROM TB_MOVIMENTO
         WHERE TO_CHAR(DT_MOVIMENTO, 'mm') = P_MES;

       RETURN V_QTD;

     END FNC_QTD_MES;

   BEGIN

     IF (TO_CHAR(SYSDATE, 'mm') = '06'AND FNC_QTD_MES(TO_CHAR(SYSDATE, 'mm')) > 10000) THEN

       DBMS_OUTPUT.PUT_LINE(A => 'A quantidade de movimentos para o mês 6 é superior à 10 mil registros!');

     ENDIF;

   END;
   /

PL/SQL procedure successfully completed in 0 seconds

Após inverter a condição, verificando primeiro se a data de execução do processo é o Mês Junho, baixamos o tempo de 19 segundos para 0 segundo.

Conclusão

Veja que aquela máxima de a ordem dos fatores não altera o resultado não é plenamente verdade para as condicionais. Claro que existe ressalvas, mas colocar primeiramente as clausulas de menor tempo de execução, pode ajudar com o desempenho do processo.

Abraços

Share

You may also like...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.